agosto de 2021


agosto de 2021

As exclusões do cadastro de negativados continuam sua tendência de elevação, ampliando a base de clientes em condição de tomar crédito para suas compras de maior valor. Por outro lado, na comparação com agosto do ano passado houve aumento no percentual de consumidores que entraram na lista de restrição de crédito.

 

O indicador do Sistema de Proteção ao Crédito da Associação Comercial e Industrial de Londrina – ACIL, trabalha com dois indicadores: a) consumidores entrantes (incluídos na restrição ao crédito), que aqueles que deixaram de pagar alguma conta e tiveram o nome incluído no cadastro de consumidores inadimplentes, e b) consumidores saintes (recuperaram acesso a crédito), que são aqueles que estavam com o nome no cadastro de ‘restrição ao crédito’, mas negociaram suas dívidas e ‘limparam’ o nome.

Os dados do mês de agosto mostram que a quantidade de consumidores que estavam com restrição ao crédito e conseguiram ‘limpar’ o nome continua seu ciclo positivo. Foram 22% mais pessoas que pagaram ou renegociaram suas dívidas, deixando o cadastro negativo, em comparação com agosto do ano passado.

Nestes 7 meses de 2021, a quantidade de consumidores que conseguiram sair do cadastro de negativados é 11% maior que no mesmo período de 2020.

Por outro lado, o número de consumidores que tomaram crédito e não conseguiram quitar as parcelas de sua dívida foi 25% maior que em agosto do ano passado. No entanto, vale lembrar que este indicador está bastante contaminado, isso porque também no mês de agosto de 2020 muitos comerciantes ainda optaram por não informar o atraso no pagamento devido a situação econômica delicada por que passava a economia naquele momento.

Esta análise é importante no sentido de não permitir que o exame simples dos resultados crie uma percepção equivocada da verdadeira tendência do potencial de assunção de crédito por parte do consumidor londrinense, especialmente no momento que temos elevação no saldo de empregos formais em nossa cidade.