16 de novembro de 2020


16 de novembro de 2020

16-11-20_ECONOMIA_PARA_TODOS

Olá meus caros. Na nossa última coluna falamos um pouco sobre como a inflação dos alimentos atinge de forma diferente as famílias de acordo com sua renda, sendo que as famílias de menor renda são as mais impactadas e porque isso ocorre.  Na página da rádio UEL você poderá acessar a este pod cast.

Na coluna de hoje falarei um pouco sobre o 13 salário, sua importância para a economia local, o porquê o montante pago será inferior ao de 2019 e uma maneira de você administrar este recurso de forma mais eficiente.

O 13º Salário é devido a todo empregado formal que tenha no mínimo 15 dias trabalhados no mês bem como para os aposentados e pensionistas.

Este ano o montante pago na forma de 13 salário será menor que em 2019 em função da elevação no desemprego formal e mudanças na regra trabalhista, que para evitar demissões em massa, instituiu a possibilidade de suspensão temporário do contrato de trabalho e a possibilidade de redução da jornada de trabalho por tempo superior a 15 dias o que faz com que este mês não seja computado para fins de 13 salário.

Um exemplo: Se você ganha R$ 2.000,00 e teve suspensão temporária do contrato de trabalho por dois meses, ou redução de jornada acima de 50%, significa que trabalhou 10 meses. Então, divida seu salário por 12 e multiplique por 10. Neste caso você receberá em torno de R$ 1.666,00.

Levando em conta o desemprego, as suspensões temporárias e considerando que este ano o valor médio pago ao trabalhador está em R$ 2.458,00. Projeto que o total injetado na economia de Londrina esteja em R$ 450 milhões, 30 milhões ou 6,2% a menos que no ano passado.

O 13 salário é pago em duas parcelas sendo a primeira paga entre o primeiro dia de fevereiro e o último dia útil de novembro e a segunda até o dia 20 de dezembro. Isso significa que uma grande parte da primeira parcela já foi paga. É o caso especialmente do funcionalismo público, dos aposentados e de outros trabalhadores que solicitaram a antecipação da primeira parcela.

Isso significa que, dos 450 milhões já foram pagos algo como 150 milhões e que significa que em Londrina os trabalhadores ainda tem para receber algo próximo a R$ 300 milhões a serem pagos até 20 de dezembro.     

O 13 salário é aguardado ansiosamente pelos comerciantes, isto porque os consumidores utilizam, especialmente a primeira parcela para pagar contas que ficaram atrasadas e para limpar seu nome junto ao serviço de proteção ao crédito. O comerciante se alegra porque, primeiro recebeu uma conta atrasada, segundo porque com mais clientes aptos a tomar crédito potencializa a venda de produtos de maior valor.

Além de pagar contas, o 13 é utilizado para a compra de presentes e para as festas de final de ano. Não atoa é a melhor época do ano para o comercio varejista que se prepara para atender a este incremento nas vendas.    

Mas é aqui que o trabalhador precisa ficar atendo, especialmente para aqueles que vão sair em férias no mês de janeiro. Observe que ele vai somar seu salário de dezembro com a segunda parcela de seu 13 mais o pagamento adiantado do salário de janeiro, mais a parcela do 13 do ano seguinte e mais 1/3 de sua remuneração.  

Atenção: você precisa lembrar que praticamente não terá salário no final de janeiro, já que este foi antecipado, mas terá todas as despesas de início de ano – IPVA, IPTU, matrícula da escola das crianças e mais o vencimento de prestações das compras que fez em dezembro.

Então, para evitar dores de cabeça em 2021, não se empolgue com esta bolada recebida em dezembro. Ela é enganosa. Coloque tudo na ponta do lápis e lembre-se de fazer a reserva para enfrentar as contas de início de ano.   


Pensa nisso.

Te vejo na próxima coluna e até lá, se cuida.