28 de dezembro de 2020


A projeção dos economistas para a inflação de 2020 está em 4,35%, acima portanto do centro da meta de 4%, mas como a margem de tolerância é de 1,5 ponto porcentual (índice de 2,50% a 5,50%), ainda dentro da meta.

Mas a inflação considerando a evolução do preço dos alimentos que compõe a cesta básica foi 59% maior e merece atenção pois aflige especialmente as classes de mais baixa renda.   

A cesta básica em Londrina ...

O Núcleo de Pesquisas Econômicas Aplicadas – NuPEA (UTFPR/UEL) faz o acompanhamento mensal em nossa cidade, do preço dos alimentos que compõe a cesta básica nacional que contempla 13 itens considerados essenciais para alimentar um adulto durante um mês.

... no início do ano...

O valor desta cesta básica, considerando a média dos menores preços praticados em unidades de 12 cadeias de supermercados que atuam em Londrina iniciou janeiro a R$ 401,20 caindo ao final deste mesmo mês para R$ 384,19. Desta forma, para janeiro, o valor médio da cesta básica foi de R$ 392,69.

... e finaliza com 25% de aumento.

Em primeiro de dezembro esta mesma cesta básica ficou em R$ 489,38, e para efeito desta análise considerarei este valor como a média do mês de dezembro, o que representa uma elevação de 24,6% no período de 12 meses.       

A maior alta não foi do arroz...

Embora tenha sido o preço do arroz o símbolo da inflação de preços dos alimentos, não foi ele que protagonizou a maior elevação, embora tenha subido 72% de R$ 12,40 o pacote de 5 Kg em 01/01 para R$ 21,32 em 01/12.

... e sim óleo de soja e batata ...

O óleo de soja foi o produto que registrou a maior alta de preços, tendo sido comprado na média a 3,55 no início de janeiro e a R$ 6,88 em dezembro, um aumento de 94%, seguido da batata com alta de 73% no mesmo período.

..., mas é a carne ...  

Embora as maiores altas tenham sido do óleo de soja, batata e arroz, estes itens representam juntos menos de 9% do custo da cesta básica enquanto a carne representa 45% na composição de seu custo.

... a grande vilã.

O preço de referência para a carne é o coxão mole bovino que foi comprado na média a R$ 19,65 no início de janeiro e a R$ 34,10 em dezembro. Isso significa que, enquanto os três produtos com maior percentual de elevação tiraram do consumidor R$ 21,60 na comparação dos preços de janeiro e dezembro, somente a carne subtraiu R$ 46,90 na mesma comparação.    

Para calcular a perda ....

Chamei a atenção para os grandes impactantes na composição do preço da cesta básica em Londrina, mas para uma correta dimensão de perdas é preciso saber quantas cestas básicas foram deixadas de comprar ao longo de todo o ano em função do aumento nos preços.

... do salário mínimo no período.

Em janeiro o salário mínimo comprava 2,66 cestas. Sem aumento nos preços seriam 31,9 cestas ao longo do ano, mas com a inflação mensal foi possível adquirir 29,7 cestas o que representa uma perda real de poder aquisitivo de 6,92%, ou seja, de um trabalhador que ganha R$ 1.045,00 ao mês a inflação tomou dele R$ 866,00.

Trabalhador mais pobre.

Se considerada somente a inflação da cesta básica, para igualar o poder de compra do salário de janeiro de 2020 este precisaria então ser de R$ 1.302,29 em janeiro de 2021, mas está previsto para ser de R$ 1.088,00.

Ou seja, o trabalhador entra em 2021 mais pobre que em 2020.


(*) A série histórica mensal do valor da cesta básica em Londrina com início em 2003 está disponível em https://www.nupea.org/inflação-da-cesta-básica

Dr. Marcos J. G. Rambalducci, Economista, é Professor da UTFPR. Escreve às segundas-feiras.