07 de junho de 2021


Fiquei entusiasmado com os números apresentados por um trabalho realizado pela EMBRAPA, que me chegou às mãos pelo agrônomo Paulo Sendin, aposentado do IAPAR e consultor em Agronegócio e Gestão de Inovação Tecnológica 

Intitulado ‘O agro no Brasil e no mundo: uma síntese do período de 2000 a 2020’ dos pesquisadores Adalberto Aragão e Elisio Contini, o estudo sintetiza os resultados da produção agropecuária nacional, a qual faço menção aqui, mostrando os dados de maior impacto.

Já no Valor Econômico da última sexta-feira (4), reportagem aborda o estudo realizado pelo Instituto Millenium e a Consultoria ODX ‘Agronegócio: exportação, emprego e Produtividade’, que mostra que o avanço no setor foi construído a partir de investimentos em tecnologia. 

O maior rebanho bovino do mundo ...

Em 2020, o rebanho bovino brasileiro foi o maior do mundo, representando 14,3% do rebanho mundial, com 217 milhões de cabeças, ou seja, uma cabeça de gado para cada brasileiro.

... e que mais exportou.

Maior exportador de carne bovina do mundo em 2020, com 2,2 milhões de toneladas, representando 14,4% do mercado internacional e que trouxe ao país US$ 8,4 bilhões.

Líder na exportação de frango. 

Em 2020, o Brasil se tornou também o maior exportador de carne de aves com 4,3 milhões de toneladas (20,9%) sendo detentor do quarto maior plantel de galináceos do mundo, algo como 1,5 bilhão de cabeças. As exportações renderam, somente no ano passado, mais US$ 6,6 bilhões.

Maior produtor de soja ...

Em 2020 o Brasil assumiu a liderança como o maior produtor de soja do mundo com 126 milhões de toneladas e o terceiro na produção de milho com 100 milhões de toneladas.

... e maior exportador também.

O país responde atualmente por 50% do comércio mundial de soja. As exportações brasileiras do grão somaram US$ 30 bilhões, em 2020, e somos responsáveis  por quase 20% das exportações de milho, ocupando a segunda posição mundial, que somou outros US$ 6 bilhões de entradas.

Maior produtor de açúcar e café ... 

O Brasil também é o maior produtor mundial de açúcar, com 1/3 da produção mundial, e maior produtor de café com 30,3% do total, ou 3,1 milhões de toneladas.

... e líder na exportação destes produtos.

A bandeira verde/amarela foi responsável por mais de um quarto (25,5%) das exportações mundiais de café, comercializando 2 milhões de toneladas, e também o maior exportador de açúcar, com 22 milhões de toneladas no ano passado, o equivalente a 30% da exportação mundial.

O resultado ...

O estudo da Millenium e ODX mostra que as exportações do setor em 2020 renderam ao país US$ 100,8 bilhões, 4,1% mais que em 2019, que resultou em um superávit de US$ 87,7 bilhões. Tudo isso em plena crise nacional e mundial.

... e a explicação.

Câmbio e preços favoráveis estimularam as exportações, mas isso só foi possível graças ao aumento da eficiência em diversas cadeias produtivas proporcionada por investimentos em tecnologia e inovação aponta o estudo.

Criar sinergia potencializa o sucesso. 

Londrina trilha o bom caminho, com inúmeras ações com foco no desenvolvimento de novas tecnologias e inovações no agro.

Tentar atrair uma indústria de classe mundial dedicada  a produção de drones agrícolas poderia ser um passo enorme na sinergia entre Eletrometalmecânica e o Agro. E temos empresas paranaenses desenvolvendo soluções desta natureza.       


Marcos J. G. Rambalducci - Economista, é Professor da UTFPR. Escreve às segundas-feiras.